Razão da Fé

Razão da Fé

“Antes, santificai ao SENHOR Deus em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós”

(I Pedro 3,15)

 

“Aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo.”

 

 

Jó CAPÍTULO 14

  • O HOMEM, nascido da mulher, é de poucos dias e farto de inquietação.
  • Sai como a flor, e murcha; foge também como a sombra, e não permanece.
  • E sobre este tal abres os teus olhos, e a mim me fazes entrar no juízo contigo.
  • Quem do imundo tirará o puro? Ninguém.
  • Visto que os seus dias estão determinados, contigo está o número dos seus meses; e tu lhe puseste limites, e não passará além deles.
  • Desvia-te dele, para que tenha repouso, até que, como o jornaleiro, tenha contentamento no seu dia.
  • Porque há esperança para a árvore que, se for cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus renovos.
  • Se envelhecer na terra a sua raiz, e o seu tronco morrer no pó,
  • Ao cheiro das águas brotará, e dará ramos como uma planta.
  • Porém, morto o homem, é consumido; sim, rendendo o homem o espírito, então onde está ele?
  • Como as águas se retiram do mar, e o rio se esgota, e fica seco,
  • Assim o homem se deita, e não se levanta; até que não haja mais céus, não acordará nem despertará de seu sono.
  • Quem dera que me escondesses na sepultura, e me ocultasses até que a tua ira se fosse; e me pusesses um limite, e te lembrasses de mim!
  • Morrendo o homem, porventura tornará a viver? Todos os dias de meu combate esperaria, até que viesse a minha mudança.
  • Chamar-me-ias, e eu te responderia, e terias afeto à obra de tuas mãos.
  • Mas agora contas os meus passos; porventura não vigias sobre o meu pecado?
  • A minha transgressão está selada num saco, e amontoas as minhas iniqüidades.
  • E, na verdade, caindo a montanha, desfaz-se; e a rocha se remove do seu lugar.
  • As águas gastam as pedras, as cheias afogam o pó da terra; e tu fazes perecer a esperança do homem;
  • Tu para sempre prevaleces contra ele, e ele passa; mudas o seu rosto, e o despedes.
  • Os seus filhos recebem honra, sem que ele o saiba; são humilhados; sem que ele o perceba;
  • Mas a sua carne nele tem dores; e a sua alma nele lamenta.

 

“Porque na morte não há lembrança de ti; no sepulcro quem te louvará?” [Sl 6:5]

 

Salmos 49: 7 - 20

  • Nenhum deles de modo algum pode remir a seu irmão, ou dar a Deus o resgate dele
  • (Pois a redenção da sua alma é caríssima, e cessará para sempre),
  • Para que viva para sempre, e não veja corrupção.
  • Porque ele vê que os sábios morrem; perecem igualmente tanto o louco como o brutal, e deixam a outros os seus bens.
  • O seu pensamento interior é que as suas casas serão perpétuas e as suas habitações de geração em geração; dão às suas terras os seus próprios nomes.
  • Todavia o homem que está em honra não permanece; antes é como os animais, que perecem.

 

Isaias 38:18

Porque não te louvará a sepultura, nem a morte te glorificará; nem esperarão em tua verdade os que descem à cova.

 

Ezequiel 18: 20 – 32

  • A alma que pecar, essa morrerá; o filho não levará a iniqüidade do pai, nem o pai levará a iniqüidade do filho. A justiça do justo ficará sobre ele e a impiedade do ímpio cairá sobre ele.
  • Mas se o ímpio se converter de todos os pecados que cometeu, e guardar todos os meus estatutos, e proceder com retidão e justiça, certamente viverá; não morrerá.
  • De todas as transgressões que cometeu não haverá lembrança contra ele; pela justiça que praticou viverá.
  • Desejaria eu, de qualquer maneira, a morte do ímpio? diz o Senhor DEUS; Não desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva?
  • Mas, desviando-se o justo da sua justiça, e cometendo a iniqüidade, fazendo conforme todas as abominações que faz o ímpio, porventura viverá? De todas as justiças que tiver feito não se fará memória; na sua transgressão com que transgrediu, e no seu pecado com que pecou, neles morrerá.
  • Dizeis, porém: O caminho do Senhor não é direito. Ouvi agora, ó casa de Israel: Porventura não é o meu caminho direito? Não são os vossos caminhos tortuosos?
  • Desviando-se o justo da sua justiça, e cometendo iniqüidade, morrerá por ela; na iniqüidade, que cometeu, morrerá.
  • Mas, convertendo-se o ímpio da impiedade que cometeu, e procedendo com retidão e justiça, conservará este a sua alma em vida.
  • Pois que reconsidera, e se converte de todas as suas transgressões que cometeu; certamente viverá, não morrerá.
  • Contudo, diz a casa de Israel: O caminho do Senhor não é direito. Porventura não são direitos os meus caminhos, ó casa de Israel? E não são tortuosos os vossos caminhos?
  • Portanto, eu vos julgarei, cada um conforme os seus caminhos, ó casa de Israel, diz o Senhor DEUS. Tornai-vos, e convertei-vos de todas as vossas transgressões, e a iniqüidade não vos servirá de tropeço.
  • Lançai de vós todas as vossas transgressões com que transgredistes, e fazei-vos um coração novo e um espírito novo; pois, por que razão morreríeis, ó casa de Israel?
  • Porque não tenho prazer na morte do que morre, diz o Senhor DEUS; convertei-vos, pois, e vivei.

 

Marcos 12

  • Então os saduceus, que dizem que não há ressurreição, aproximaram-se dele, e perguntaram-lhe, dizendo:

19  Mestre, Moisés nos escreveu que, se morresse o irmão de alguém, e deixasse a mulher e não deixasse filhos, seu irmão tomasse a mulher dele, e suscitasse descendência a seu irmão.

20  Ora, havia sete irmãos, e o primeiro tomou a mulher, e morreu sem deixar descendência;

21  E o segundo também a tomou e morreu, e nem este deixou descendência; e o terceiro da mesma maneira.

22  E tomaram-na os sete, sem, contudo, terem deixado descendência. Finalmente, depois de todos, morreu também a mulher.

23  Na ressurreição, pois, quando ressuscitarem, de qual destes será a mulher? Porque os sete a tiveram por mulher.

24  E Jesus, respondendo, disse-lhes: Porventura não errais vós em razão de não saberdes as Escrituras nem o poder de Deus?

25  Porquanto, quando ressuscitarem dentre os mortos, nem casarão, nem se darão em casamento, mas serão como os anjos que estão nos céus.

26  E, acerca dos mortos que houverem de ressuscitar, não tendes lido no livro de Moisés como Deus lhe falou na sarça, dizendo: Eu sou o Deus de Abraão, e o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó?

27  Ora, Deus não é de mortos, mas sim, é Deus de vivos. Por isso vós errais muito

 

São João 11

14  Então Jesus disse-lhes claramente: Lázaro está morto;

15  E folgo, por amor de vós, de que eu lá não estivesse, para que acrediteis; mas vamos ter com ele.

23  Disse-lhe Jesus: Teu irmão há de ressuscitar.

24  Disse-lhe Marta: Eu sei que há de ressuscitar na ressurreição do último dia.

25  Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;

26  E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto?

 

 

1 Aos Coríntios 15 (Leia todo o Capítulo)

 

20  Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e foi feito as primícias[1] dos que dormem.

21  Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem.

 

2 Aos Coríntios 5

1  PORQUE sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus.

Mas temos confiança e desejamos antes deixar este corpo, para habitar com o Senhor.

 

 

Aos Romanos 6

QUE diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde?

De modo nenhum. Nós, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele?

Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte?

De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida.

Porque, se fomos plantados juntamente com ele na semelhança da sua morte, também o seremos na da sua ressurreição;

Sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado.

Porque aquele que está morto está justificado do pecado.

Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos;

Sabendo que, tendo sido Cristo ressuscitado dentre os mortos, já não morre; a morte não mais tem domínio sobre ele.

10  Pois, quanto a ter morrido, de uma vez morreu para o pecado; mas, quanto a viver, vive para Deus.

11  Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus nosso Senhor.

12  Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências;

13  Nem tampouco apresenteis os vossos membros ao pecado por instrumentos de iniqüidade; mas apresentai-vos a Deus, como vivos dentre mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça.

14  Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça.

15  Pois que? Pecaremos porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça? De modo nenhum.

16  Não sabeis vós que a quem vos apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis, ou do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça?

17  Mas graças a Deus que, tendo sido servos do pecado, obedecestes de coração à forma de doutrina a que fostes entregues.

18  E, libertados do pecado, fostes feitos servos da justiça.

19  Falo como homem, pela fraqueza da vossa carne; pois que, assim como apresentastes os vossos membros para servirem à imundícia, e à maldade para maldade, assim apresentai agora os vossos membros para servirem à justiça para santificação.

20  Porque, quando éreis servos do pecado, estáveis livres da justiça.

21  E que fruto tínheis então das coisas de que agora vos envergonhais? Porque o fim delas é a morte.

22  Mas agora, libertados do pecado, e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna.

23  Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.

 

Aos Hebreus 6

POR isso, deixando os rudimentos da doutrina de Cristo, prossigamos até à perfeição, não lançando de novo o fundamento do arrependimento de obras mortas e de fé em Deus,

E da doutrina dos batismos, e da imposição das mãos, e da ressurreição dos mortos, e do juízo eterno.

 

 

Hebreus 9: 24 - 27

  • Porque Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para agora comparecer por nós perante a face de Deus;
  • Nem também para a si mesmo se oferecer muitas vezes, como o sumo sacerdote cada ano entra no santuário com sangue alheio;
  • De outra maneira, necessário lhe fora padecer muitas vezes desde a fundação do mundo. Mas agora na consumação dos séculos uma vez se manifestou, para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo.
  • E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo,
  • Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação.

 

 

Hebreu CAPÍTULO 10

PORQUE tendo a lei a sombra dos bens futuros, e não a imagem exata das coisas, nunca, pelos mesmos sacrifícios que continuamente se oferecem cada ano, pode aperfeiçoar os que a eles se chegam.

Doutra maneira, teriam deixado de se oferecer, porque, purificados uma vez os ministrantes, nunca mais teriam consciência de pecado.

Nesses sacrifícios, porém, cada ano se faz comemoração dos pecados,

Porque é impossível que o sangue dos touros e dos bodes tire os pecados.

  Por isso, entrando no mundo, diz: Sacrifício e oferta não quiseste, Mas corpo me preparaste;

Holocaustos e oblações pelo pecado não te agradaram.

Então disse: Eis aqui venho (No princípio do livro está escrito de mim), Para fazer, ó Deus, a tua vontade.

Como acima diz: Sacrifício e oferta, e holocaustos e oblações pelo pecado não quiseste, nem te agradaram (os quais se oferecem segundo a lei).

Então disse: Eis aqui venho, para fazer, ó Deus, a tua vontade. Tira o primeiro, para estabelecer o segundo.

10  Na qual vontade temos sido santificados pela oblação do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez.

11  E assim todo o sacerdote aparece cada dia, ministrando e oferecendo muitas vezes os mesmos sacrifícios, que nunca podem tirar os pecados;

12  Mas este, havendo oferecido para sempre um único sacrifício pelos pecados, está assentado à destra de Deus,

13  Daqui em diante esperando até que os seus inimigos sejam postos por escabelo de seus pés.

14  Porque com uma só oblação aperfeiçoou para sempre os que são santificados.

15  E também o Espírito Santo no-lo testifica, porque depois de haver dito:

6  Esta é a aliança que farei com eles Depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei as minhas leis em seus corações, E as escreverei em seus entendimentos; acrescenta:

17  E jamais me lembrarei de seus pecados e de suas iniqüidades.

18  Ora, onde há remissão destes, não há mais oblação pelo pecado.

19  Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus,

20  Pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne,

21  E tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus,

22  Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé, tendo os corações purificados da má consciência, e o corpo lavado com água limpa,

23  Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu.

24  E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras,

25  Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.

26  Porque, se pecarmos voluntariamente, depois de termos recebido o conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados,

 

Filipenses 1

20  Segundo a minha intensa expectação e esperança, de que em nada serei confundido; antes, com toda a confiança, Cristo será, tanto agora como sempre, engrandecido no meu corpo, seja pela vida, seja pela morte.

21  Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho.

22  Mas, se o viver na carne me der fruto da minha obra, não sei então o que deva escolher.

23  Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor.

24  Mas julgo mais necessário, por amor de vós, ficar na carne.

25  E, tendo esta confiança, sei que ficarei, e permanecerei com todos vós para proveito vosso e gozo da fé,

 

I Tessalonicenses 4

  1. Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança.
  2. Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele.
  3. Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem.
  4. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.
  5. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.

 

Apocalipse 14

  • E ouvi uma voz do céu, que me dizia: Escreve: Bem-aventurados os mortos que desde agora morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem dos seus trabalhos, e as suas obras os seguem.

 

 

A Primeira Ressurreição

Esta será a ressurreição para a vida. Ela se dará em etapas conforme segue:

  1. A primeira etapa foi a ressurreição de nosso Senhor Jesus, no ano de 32 d.C.:

"Mas cada um por sua ordem: Cristo as primícias, depois os que são de Cristo, na sua vinda." (I Coríntios 15:23 ACF)

  1. Antes do início da Grande Tribulação serão ressuscitados todos os que dormem em Cristo, seguidos do arrebatamento da Igreja de Cristo na Terra. E estes, ou seja, os que já dormiam em Cristo e Sua Igreja, constituem a Noiva para as Bodas do Cordeiro:

"Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. " (I Tessalonicenses 4:16-17 ACF)

"Porque nunca ninguém odiou a sua própria carne; antes a alimenta e sustenta, como também o Senhor à igreja; (30) porque somos membros do seu corpo, da sua carne, e dos seus ossos. (31). Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne. (32) Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da igreja." (Efésios 5:29-32 ACF)

  1. Ao término da Grande Tribulação serão ressuscitados todos os mártires da Tribulação bem como os salvos do Antigo Testamento (pouco antes da Revelação de Jesus):

"E naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro. (2) E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno." (Daniel 12:1-2 ACF)

"Os teus mortos e também o meu cadáver viverão e ressuscitarão; despertai e exultai, os que habitais no pó, porque o teu orvalho será como o orvalho das ervas, e a terra lançará de si os mortos. (20). Vai, pois, povo meu, entra nos teus quartos, e fecha as tuas portas sobre ti; esconde-te só por um momento, até que passe a ira. (21). Porque eis que o SENHOR sairá do seu lugar, para castigar os moradores da terra, por causa da sua iniqüidade, e a terra descobrirá o seu sangue, e não encobrirá mais os seus mortos." (Isaías 26:19-21 ACF)

"E um dos anciãos me falou, dizendo: Estes que estão vestidos de vestes brancas, quem são, e de onde vieram? (14) E eu disse-lhe: Senhor, tu sabes. E ele disse-me: Estes são os que vieram da grande tribulação, e lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro." (Apocalipse 7:13-14 ACF)

"E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos." (Apocalipse 20:4 ACF)

  1. Seguramente, haverá ressurreição para os salvos do milênio (o Reino), contudo não há na palavra de Deus qualquer indicação de como ou quando isto irá ocorrer.

 

[1] Primeiros frutos; começo